Novidades

 
 
Imagem de Suely Fernandes Coelho Lemos
Sobre os Grupos de Estudos: o que são; objetivos e dinâmica
por Suely Fernandes Coelho Lemos - quarta, 13 abril 2016, 10:22
 

O que é um Grupo de Estudos? Orientações e esclarecimentos.

Algumas orientações e esclarecimentos sobre a proposta de Grupos de Estudos.

Como revela o título, um grupo de estudos tem como objetivo a troca, o diálogo e a atualização de informações e conhecimentos a cerca de determinado tema de forma coletiva. Diferente de curso, o grupo de estudos pressupõe o desejo e a livre iniciativa de participar de estudos, leituras e diálogos entre: autores, teóricos, colegas e conhecimentos já construídos individualmente em diferentes espaços/tempos, na perspectiva da troca, da (re)elaboração de conceitos e sustentação de novas posições e proposições.

Um grupo de estudos pode ser organizado de modo presencial, semipresencial ou a distância. A periodicidade dos encontros (no caso de ser presencial ou semipresencial) e proposições de atividades são sugeridas pelo(s) propositor(es) do grupo. A organização e disposição para leituras e participação em fóruns ou encontros para debates e diálogos são fundamentais.

Diferente de um curso, um grupo de estudos apresenta outra característica importante que é a riqueza e variedade de "discursos".  Não existe a figura daquele que é detentor deste ou daquele saber e sim mediações possíveis entre autores, posições, discursos, vivências e experiências. Não há aquele que sabe e aquele que apenas aprende. O que se propõe é a troca, é construção e (re)construção de conhecimentos.

Num grupo de estudos não há avaliações de aprendizagens. A avaliação indicada é aquela que contribui para a elevação do grupo. Desse modo o que se avalia é a dinâmica, as proposições e as formas de participação.

Para fins de melhor organização dos estudos, podem ser eleitos mediadores cujo papel é o de sugerir leituras e provocar os debates a respeito de determinado tema. As propostas de leituras indicadas pelo mediador podem ser organizadas como aquelas sobre as quais os debates fluirão e aquelas que são sugestões para aprofundamento individual e/ou coletivo de acordo com o interesse dos participantes do grupo de estudos. Importante ressaltar, que o volume de leituras não deve ser impedimento para participar, cada participante seleciona e organiza seu momento de estudo individual de acordo com suas possibilidades concretas, mas sempre no esforço de contribuir numa base de discussão que contemple o científico e não os achismos.

Poderão, a critério do grupo, serem propostas produções que venham contribuir e divulgar os conhecimentos trabalhados durante os estudos.

Também gostaria de ressaltar que diferentes "discursos" devem influenciar em nossas escolhas. Nesse sentido, a diversidade de autores, linhas e leituras nos enriquecem e promovem o crescimento coletivo.

Proponha e participe de Grupos de Estudos e tenha bons estudos!!

Suely Lemos.

(Editado por Jonas Defante Terra - quarta, 6 abril 2016, 10:53)

(Editado por Jonas Defante Terra - sexta, 8 abril 2016, 12:32)