Novidades

 
 
Imagem de Suely Fernandes Coelho Lemos
Neste Carnaval coloque seu bloco na rua, mas não descuide do aedes aegypti!!
por Suely Fernandes Coelho Lemos - terça, 2 fevereiro 2016, 12:14
 


Vem aí o Carnaval!!

Vamos conhecer um pouquinho sobre carnaval?

Sua origem na Grécia, em meados dos anos 600 a 520 a.C,, caracterizou-se por festa profana, que começava no dia de "Reis”. Os gregos realizavam cultos em agradecimento aos deuses pela fertilidade do solo e pela produção. São festejos populares provenientes de ritos e costumes pagãos. Nessas festas exalta-se a liberdade de expressão e movimento. Com o Cristianismo o carnaval perdeu um pouco do seu caráter simbólico e místico.

Os bailes de máscaras foram criados na França, no século XVII. A cidade de Paris foi o principal modelo exportador da festa carnavalesca para o mundo. Durante o Renascimento, as festas carnavalescas atingiram uma grande popularidade, principalmente na Itália (em Roma e Veneza) Cidades como Nice, Santa Cruz de Tenerife, Nova Orleans, Toronto e Rio de Janeiro se inspiraram no Carnaval parisiense para implantar suas novas festas carnavalescas. Já o Rio de Janeiro criou e exportou o estilo de fazer carnaval com desfiles de escolas de samba para outras cidades do mundo, como São Paulo, Tóquio e Helsinque.

No Brasil, apesar do Carnaval ter uma grande componente turística, ainda mantém a sua espontaneidade, que se fortaleceu por meio do folclore.

Lembretes importantes!

O carnaval é período em que se exalta a alegria, a beleza e a arte. Aproveita-se, também, para o descanso e o lazer. Portanto, viva a alegria, relaxe e divirta-se, mas não se esqueça de alguns cuidados importantes:

Como acontece em pleno verão, é importante tomar cuidados com o sol e com a hidratação do corpo.

Moderação no uso de bebidas alcóolicas é importante. Não beba quando estiver dirigindo!

Evite aglomerações e multidões.

Carnaval sem aedes aegypti!!

Coloque seu bloco na rua, mas não descuide do aedes aegypti, mosquito responsável pela transmissão da dengue, do zika vírus e da febre chikungunya:

Antes de sair de casa faça uma vistoria, dispensando reservatórios e locais propícios ao acumulo de água e proliferação do Aedes aegypti (tanque de lavar roupas, caixa d'água, vaso sanitário, tampinhas de refrigerantes ou de outro tipo, depósito de água dos animais, garrafas, vasos de plantas e etc.);

não jogue lixo na rua e em locais inapropriados durante a folia para que não se tornem criadouros do vetor da dengue, zika e chikungunya.

Converse sobre isso com seus vizinhos e amigos.

 

Bom Carnaval!!!

Equipe da Escola de Formação